Denúncia em rede social gera polêmica