Temas polêmicos irão retornar ao Legislativo