Editorial: A sorte de um amor tranquilo