EXPOSIÇÃO NO CENTRO CULTURAL UTILIZA O BORDADO PARA RELEMBRAR MEMÓRIAS DA INFÂNCIA