LEI PREVÊ PENAS MAIS RÍGIDAS PARA A PRÁTICA DE CARTEL