SÃO JOÃO DEL-REI, Sábado, 1 de Novembro de 2014  •  Ano XIV  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Fim de Ano

Prezada Sra. Zona de Convergência do Atlântico Sul:

Prezada coisa nenhuma! Prezada? Uma ova! Nem prezada nem estimada! Nem estimada nem distinta! Pelo contrário, vadia, rabugenta, safada, desmancha prazeres, cruel! A senhora não está vendo que estamos chegando ao fim do ano? Que no dia 31 é véspera de Ano Novo e a moçada está louca para uma balada, em recintos fechados e ao ar livre, ao som de um bom samba enredo (para quem tem bom gosto) ou qualquer axé ou funk (para quem tem gosto, mas não se sabe bem qual é)? E vem a senhora com essa tal de convergência se aboletar justamente sobre o Sudeste, numa faixa que passa em cima de São João del-Rei, já por si mesma uma cidade que atrai tudo quanto é respingo que cisme de aparecer na região? Para com isso, Madame! Se a senhora gosta de convergência, vá convergir lá no sertão do Piauí que a galera de lá não vê um pingo d´água desde o dilúvio bíblico, aquele que obrigou Noé a colocar a fauna e a flora toda dentro de uma arca, de barata a elefante, de capim a orquídea. Aqui pra nós: pare com esse negócio de convergência! Divirja um pouco, se espalhe pela Floresta Amazônica que tem muita árvore precisando de chuva, fique aí por cima do Cceano Atlântico, a uns 300 quilômetros das praias, ou melhor ainda, escolha um deserto qualquer e vá descarregar sua raiva sobre ele, seu aguaceiro, suas enxurradas, suas trombas d´água ou seu interminável chuvisco. Pare de provocar enchentes, desabrigando gente que não tem pra onde ir, desmontando encostas que bloqueiam estradas e impedem o trânsito de quem, com muito sacrifício, economizou a grana para ver a festa de Iemanjá em Copacabana, o foguetório da meia noite. Dê um tempo, Dona Zona!
Foi um ano meio complicado, minha Senhora! Crise do euro, recessão nos States. Dona Dilma perdeu seis ministros, um sétimo está se segurando na ponta dos pés e mesmo que se equilibre não vai mais conseguir convencer a ninguém de que é realmente um consultor que vale R$2 milhões em dois anos. Os investimentos foram poucos. A inflação está acima da meta. O Judiciário não quer ser investigado. Insiste-se num tal de Trem Bala, de R$30 bilhões, quando quase metade da população brasileira não tem esgoto tratado. Aqui mesmo, em del-Rei, o caso do lixo está pendente. Pendente do abismo. Já somos a sexta economia do mundo, mas isso não significa desenvolvimento: estamos defasados em termos de educação, precários em termos de saúde pública e transporte coletivo. De cultura nem é bom falar. E como se não bastasse, a senhora insiste nessa convergência do Atlântico Sul, ensopando a cidade, me enchendo o saco (com água).
Mesmo que a senhora resolva parar de chover hoje mesmo, continuarei reclamando: chega! Vá convergir lá no raio que a parta, Dona Zona! Aliás, de raio a senhora deve entender…



Deixe um comentário


Matérias relacionadas