SÃO JOÃO DEL-REI, Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014  •  Ano XIV  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Inverno Cultural tem programação definida

A temperatura vai caindo e um dos eventos mais aguardados pela população são-joanense vai se aproximando. O Inverno Cultural chega a sua 26ª edição recheado de novidades e traz como tema Todo Lugar é Aqui. O projeto de extensão da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) teve a programação divulgada em coletiva de imprensa realizada pela organização do festival na sexta-feira, 14.

A sambista Aline Calixto se apresentará na quinta-feira, 18 de julho. Local ainda será definido - Foto: Divulgação / Internet

A sambista Aline Calixto se apresentará na quinta-feira, 18 de julho. Local ainda será definido – Foto: Divulgação / Internet

E como Todo Lugar é Aqui, a instituição de ensino superior decidiu extrapolar as fronteiras de São João e realizar o festival nos seus outros três campi avançados. Ouro Branco será o primeiro a receber o evento, que começa no próximo sábado, 29. De acordo com a assessoria de Comunicação Social da UFSJ, a abertura contará com o show de Tom Zé. O festival em Ouro Branco se encerra no dia 14 de julho, com o show de Ney Matogrosso. Já em Divinópolis, o evento será de 12 a 17 de julho e em Sete Lagoas de 18 a 22 de julho. Os outros shows, que cada uma dessas cidades receberá, ainda não foram divulgados.

São João
Se os campi avançados ainda não estão com a agenda completa, em São João as apresentações já estão garantidas e o festival acontecerá de 13 a 27 de julho.  A banda Blitz se apresenta no dia 13 de julho no Parque de Exposições em Barroso, como extensão do evento. Já em São João del-Rei a sambista Aline Calixto se apresentará na quinta-feira, 18 de julho, e o complemento da semana ficará a cargo de Bruna Caram e do rapper Criolo, que se apresentarão na sexta,19, e no sábado, 20, respectivamente. A banda de hardcore Matanza subirá ao palco no domingo, 21 de julho.

Milton Nascimento fará um show especial na quinta-feira, 25 de julho. “O show do Milton Nascimento está sendo preparado especialmente para o Inverno Cultural e para São João del-Rei. Será uma apresentação diferente do que ele costuma apresentar, com a presença de músicos locais”, disse, sem dar mais pistas, o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da UFSJ, Paulo Henrique Caetano. Dona Jandira se apresentará no dia seguinte e Zélia Duncan finalizará o 26º Inverno Cultural no sábado, 27 de julho.
O local dos shows, que serão gratuitos, ainda não foi definido. “A princípio eles serão realizados no mesmo local do ano passado, na Avenida Leite de Castro, próximo à Ponte do Bezerrão. Caso isso realmente aconteça, queremos montar um cenário gastronômico ao lado para o conforto das pessoas. Em breve teremos essa definição”, disse a reitora da UFSJ, Valéria Kemp.

Demais atrações
Outra coisa que ainda está indefinida é a data de inscrição para as oficinas, que serão feitas via internet, como na última edição. Além das atrações musicais e das oficinas, outro grande destaque do evento fica por conta das artes cênicas. O Grupo Galpão, com os Gigantes da Montanha; e o jornalista e humorista Rafael Cortez, com De Tudo um Pouco e Elegia da Alma, são alguns dos momentos mais aguardados.

Exposição
A exposição que tem o nome do tema dessa edição é mais um destaque do Inverno Cultural. Todo Lugar é Aqui terá curadoria de Ricardo Coelho e reunirá fotografias e vídeo-instalação de três artistas que não se conhecem, além de serem de países e gerações diferentes”, explicou Caetano, se referindo aos artistas Gérard Monnier (França), Ivan Argote (Colômbia) e o mineiro Pedro Motta.

A área de Literatura tem a noite de poesia Desencontro Desmarcado, com Estrela Leminski e Túlio Ruiz, algumas das principais atrações. O espetáculo de dança, Las Quatro Esquinas, da Companhia de Flamenco Del Puerto (RS), é mais um destaque do Inverno Cultural. Por fim, o evento promoverá a segunda edição da Mostra Ensaios de Arte e Cultura, que será uma oficina-evento composta por profissionais renomados no cenário artístico-cultural.

Os horários da maioria dos eventos serão adequados aos alunos da Universidade Federal de São João del-Rei, porém as aulas da instituição não sofrerão alterações. “Devido à questão da greve, teremos o Inverno Cultural com os alunos em período letivo. Para que eles não saiam prejudicados e possam marcar presença, os eventos começarão um pouco mais tarde, não antes das 22h”, disse Caetano.

Principal novidade
“O Inverno Cultural traz um diferencial nessa edição, que é a presença em quatro cidades diferentes. Não podíamos deixar de lado essa boa ideia e, a partir do momento em que topamos esse desafio, demos um passo ousado em busca de enriquecer ainda mais o evento”, disse a reitora.

Essa conexão entre as quatro cidades é um dos motivos para a escolha do tema dessa edição “A intenção é que o Inverno Cultural seja da melhor qualidade possível. Todas elas representam a UFSJ”, pontuou o presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-Rei (FAUF), Jucelio Luiz de Paula Sales.



Um comentário para “Inverno Cultural tem programação definida”

  1. AnaPereiraVivas disse:

    Legal!Pretendo participar de alguma oficina.

Deixe um comentário


Matérias relacionadas