? São-joanenses se destacam em feira | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Domingo, 21 de Abril de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

São-joanenses se destacam em feira

Equipe Sureway ficou entre as 33 finalistas de feira tecnológica. Foto: Acervo Pessoal

Equipe Sureway ficou entre as 33 finalistas de feira tecnológica. Foto: Acervo Pessoal

Dois projetos desenvolvidos por professores e estudantes da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) ficaram entre 33 trabalhos selecionados em todo Estado para participar da fase final da terceira edição da Feira de Ciências e Inovações Tecnológicas (Feicintec) que aconteceu na última quarta-feira, 9.

Os trabalhos foram selecionados por uma comissão de professores e profissionais do Conselho com base no relatório enviado pelos estudantes, considerando critérios qualitativos e quantitativos. Os cinco primeiros colocados foram premiados com valores entre R$4 mil e R$12 mil, os demais receberam menção honrosa, além de entrega de certificado para todos os participantes desta última etapa.

Os projetos de São João não alcançaram as primeiras colocações, mas para o professor do projeto SureWay – canal de informação para os transportadores, Darlinton Carvalho, a experiência de representar Minas Gerais é muito gratificante. “O projeto é uma parceria com a UFMG e ano passado conseguimos conquistar o prêmio do concurso INOVAApss realizado pelo Ministério das Comunicações o que nos ajudou a financiar o desenvolvimento inicial do aplicativo. É um projeto de muito potencial, além de auxiliar os transportadores ainda melhora a parte de logística de empresas”, afirmou lembrando que o objetivo do sistema é inovar na área de transporte de carga, melhorando a mobilidade urbana de modo racional e colaborativo. O outro projeto da universidade de São João que participou da final foi “Projeto Vavom”, que vasculha área por vant para operações militares.

Com o foco em inovação tecnológica, a Feicintec tem como objetivos incentivar a criação, o planejamento e a execução de projetos, além de despertar novas vocações em estudantes de cursos da área tecnológica. Ao todo foram inscritos 234 projetos de 75 instituições de ensino de Minas Gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *