? Acontece 977 | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017  •  Ano XX  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Acontece 977

Casamento

A beleza do jovem casal Christopher Kimbrell e Clara Roos: cumplicidade - Foto: J. Viegas / Divulgação

A beleza do jovem casal Christopher Kimbrell e Clara Roos: cumplicidade – Foto: J. Viegas / Divulgação

Com vistas para a serra sentinela, a bela Matriz de Santo Antônio, em Tiradentes, guarda tesouros, reflete o ouro de tempos barrocos e é moldura para histórias de amor contadas através dos séculos. No dia 29 de abril, quando a jovem Clara Roos, nascida na vila histórica, e Christopper Kimbrell, vindo da Califórnia, se encontraram para dizer “sim”, um roteiro de emoções orquestrado internacionalmente encurtou as distâncias entre o Brasil e os Estados Unidos, pela força do amor.

Na Brooklyn Bridge
Tudo começo quanto Clara, nascida em Tiradentes, foi estudar na Califórnia, há quase quatro anos. Foi lá que conheceu Christopher Kimbrell e o pedido de casamento foi arrebatador. Durante um passeio pela Brooklyn Bridge, em Nova York, Chris se pôs de joelhos e pediu Clara em casamento, com direito a anel de noivado e aplausos dos turistas que passeavam pelo local. Tudo registrado por um fotógrafo contratado especialmente. Nada mais significativo, uma vez que a ponte simboliza união, conexão de lugares e culturas.

Tempos de festa
A celebração começou dias antes do casamento com a chegada dos pais do noivo, Mary e Ralph Kimbrell, pela primeira vez no Brasil, vindos de Croghan, NY., onde moram. Junto às irmãs, padrinhos e amigos de Christopher, dias de festa e turismo no Rio de Janeiro e em Tiradentes.

Os noivos Clara e Chris com Márcia Roos, mãe da noiva, e Thomas Tatkin (esquerda); além de Mary e Ralph Kimbrell, pais do noivo, na Matriz de Santo Antônio - Foto: J. Viegas / Divulgação

Os noivos Clara e Chris com Márcia Roos, mãe da noiva, e Thomas Tatkin (esquerda); além de Mary e Ralph Kimbrell, pais do noivo, na Matriz de Santo Antônio – Foto: J. Viegas / Divulgação

Cerimônia
Na capela-mor, a nobreza de rosas vermelhas deu o tom da cerimônia, conduzida por Pe. Alisson Sacramento, que preparou parte do texto do casamento em inglês. O noivo abriu o cortejo ao lado de sua mãe, seguidos por Márcia e Ralph ao som de Comptine d`un autre ete, feliz escolha para a tarde outonal. Foi a vez dos padrinhos, amigos do noivo, e das madrinhas e amigas da noiva, incluindo Jessica e Cassandra, as belas irmãs de Christopher. Na sequência, primos da noiva vieram como damas e pajens.

As alianças foram entregues pelos padrinhos de honra, Luiza Gaede e Nick, honrando um costume americano. Ao lado do padrasto Thomas Tatkin, Clara não podia estar mais linda. O vestido de corte perfeito que destacou a delicadeza de seu porte foi complementado por longa mantilha debruada em renda e bouquet de flores brancas. No mais, a beleza da música de Salomé Viegas que pontuou toda a cena com quarteto de piano, clarinete, violoncelo e contrabaixo. Para o grand finale, balões vermelhos colorindo o céu de Tiradentes.

Celebrando a união
Pelo encontro das famílias, pela vibração dos amigos, que vieram de longe, pelo cuidado de Márcia Roos no planejamento de cada etapa, a festa num dos espaços mais requintados de Tiradentes foi um grande acontecimento. Com vistas para o espelho d’água, a elegância da pérgula, que integra os jardins à area coberta, foi refletida por lustres de cristal, imprimindo charme extra ao décor. Arranjos florais privilegiaram tons de rosa entre orquídeas, rosas, cravínias, austromélias e e lisiantus. Uma muralha verde trabalhada em orquídeas foi pano de fundo para o belíssimo bolo de seis andares. A ambientação ganhou exclusividade com móveis de família e outros detalhes, por Márcia Roos.

Balões vermelhos e descontração na saída triunfal dos noivos - Foto: J. Viegas / Divulgação

Balões vermelhos e descontração na saída triunfal dos noivos – Foto: J. Viegas / Divulgação

Já Clara e Chris honraram as tradições com entrada triunfal, danças e agradecimentos. Em momento de emoção, as palavras apaixonadas dos noivos, seguidas pelos padrinhos Luiza e Nick numa noite na qual não faltou um buffet de delícias e os melhores drinks, degustados no embalo da pista sob o comando do DJ Thiago Lovatto e da Banda LP3.

E não houve auge, uma vez que a noite se manteve vibrante do início ao fim. Ritmos de samba, valorizando a cultura brasileira, encantaram os americanos. Entre os presentes a avó da noiva, Eleonora; os padrinhos Fernando e Luciana; e os tios Suzana, Stela e Junior, que vieram de São Paulo e Florianópolis. Entre os destaques, a beleza e produção dos jovens convidados. Os recém-casados retornaram a San Diego (Califórnia), onde Clara trabalha como arquiteta. Christopher é engenheiro civil.

Livro
Com currículo brilhante aos 34 anos, o são-joanense e oficial da Polícia Militar de Minas Gerais Steevan Oliveira, mestre e bacharel em Direito pela UFMG, mostra o seu valor também no mundo das letras. Steevan acaba de lançar, em Belo Horizonte, o livro A Tropa de Choque e as Manifestações de Rua. A noite de autógrafos e coquetel, na Livraria D’Plácido, contou com presenças ilustres, como o alto comando da PMMG, magistrados, parlamentares, militares, alunos e amigos do autor, além de seus pais Marlene Soares e Tadeu de Oliveira.

O autor, Steevan Oliveira, entre os coronéis PM Hebert, Comandante Geral da PMMG; e Fernando, Chefe do Gabinete Militar de Minas Gerais, em noite de lançamento - Foto: Acervo Pessoal

O autor, Steevan Oliveira, entre os coronéis PM Hebert, Comandante Geral da PMMG; e Fernando, Chefe do Gabinete Militar de Minas Gerais, em noite de lançamento – Foto: Acervo Pessoal

Sobre o livro
“A obra de Steevan Oliveira demonstra essa outra face que se deve dar ao exercício do poder de polícia pelas tropas de choque. A tensão entre princípios e interesses legitimamente protegidos (a liberdade de expressão e o direito de ir e vir, por exemplo) não se resolve por uma fórmula predefinida. A legalidade não é uma equação aritmética. Ao contrário, definir a melhor forma de aplicar o Direito em cada manifestação nas ruas exige habilidade, imaginação, sensibilidade e criatividade para deixar falar todas as vozes, para permitir a livre movimentação na cidade, para tornar audíveis todas as perspectivas de compreensão do direito essencial de expor ideias na esfera pública e para evitar danos de toda ordem”, explicou a desembargadora Mônica Sette Lopes, professora da UFMG e escritora.

O autor
Além de mestre e bacharel em Direito pela UFMG, Steevan Oliveira é pós-graduado em Psicanálise e Ciências Criminais, pós-graduado em Direito Militar, Bacharel em Ciências Militares e Professor da Academia da Polícia Militar, dividindo seu tempo com o trabalho no Gabinete do Comandante Geral da PMMG. O jovem militar já foi condecorado com as medalhas Santos Dumont, pelo Governo de Minas; e Alferes Tiradentes, pela PMMG. Para o autor, o livro “identifica o ponto de contato entre o direito de reunião e os vários outros direitos fundamentais que com ele podem colidir ou concorrer”. Fica a sugestão para o lançamento na terra natal.

Mérito

Larissa Bessa Costa, entre os dez finalistas de todo o Brasil para participar do Concurso  de Micropgmentação no Estética in Rio - Foto: Acervo Pessoal

Larissa Bessa Costa, entre os dez finalistas de todo o Brasil para participar do Concurso de Micropgmentação no Estética in Rio – Foto: Acervo Pessoal

Boas novas para a esteticista Larissa Bessa Costa, especialista em Micropigmentação. A jovem são-joanense é uma das dez profissionais selecionadas, entre 250 inscritos de todo o país, para participar do Concurso Amiea Talent, organizado pela Amiea Brasil durante o 4º Congresso Científico Internacional de Micropigmentação, de hoje, 20, a 23 de maio, no Centro de Convenções Sul América, no Rio de Janeiro. Com demanda cada vez maior no Brasil e no mundo, a Micropgmentação é uma técnica capaz de realçar olhos, boca e sobrancelhas, além de corrigir manchas e imperfeições, disfarçar cicatrizes e calvície. A micropigmentação exige não só habilidade e precisão, mas conhecimento científico.

Dedicação
Larissa participará ao vivo do Concurso no Estética in Rio e adianta que o grande desafio é exatamente o fator surpresa. “Não sabemos ainda o que será exigido dos participantes. Vale o domínio da técnica e talento para fazer o melhor, dentro do que nos for apresentado”.
Há 7 anos no seguimento, Larissa estuda, pesquisa e se dedica “Trabalhar com pigmentação é minha grande paixão. Ver a satisfação das clientes a cada trabalho finalizado me impulsiona cada vez mais. É como eu sempre digo: trabalhe com o que você gosta, faça com amor, carinho e dedicação e o reconhecimento virá”, conta. Agora é torcer para que Larissa traga o título para São João del-Rei.

Mundo Afora
Ao norte de Lisboa, perto da cidade de Leiria, Fátima é um dos centros religiosos mais visitados do mundo. O lugar, onde os pastorinhos Francisco e Jacinta Marto testemunharam a aparição de Nossa Senhora, em 13 de Maio de 1917 vem, desde então recebendo peregrinos de todo o mundo. No último sábado, 13 de maio, no centenário da aparição, milhares de fiéis de todo o mundo se reuniram em Fátima para participar da solenidade de canonização dos pastorinhos e da missa presidida pelo papa Francisco.

Viajante veterana, a funcionária pública Lúcia Pedrosa no Santuário de Fátima, Portugal - Foto: Acervo Pessoal

Viajante veterana, a funcionária pública Lúcia Pedrosa no Santuário de Fátima, Portugal – Foto: Acervo Pessoal

Santuário de Fátima
São-joanenses e pessoas da região viajaram em excursão, assistidos por Nilo Melo, e puderam ver de perto a extensa solenidade, incluindo a missa papal. Com saída no dia 9 de maio e retorno no dia 22, o roteiro inclui as cidades de Lisboa, Faro, Távora e Évora, em Portugal, além de Mérida e Sevilha, na Espanha. Entre os viajantes, Pe. Geraldo Magela, pároco de Nossa Senhora do Pilar que celebrou missas nas localidades por onde o grupo passou, e participou como concelebrante na missa papal do dia 13. Um espetáculo de beleza e emoção com peregrinos do mundo inteiro reunidos no coração do Santurário de Fátima, onde fica a imponente basílica em estilo neoclássico.

Nascimento
O empresário Wallace Ashidani e a bela Aila Mara Bonett Hallak comemoram a chegada de Levi, primeiro filho do casal, que nasceu lindo e saudável na última segunda-feira, 15. Levi Hallak Ashidani é neto do saudoso Chacal e de Marta Hallak. Pelo lado paterno, são avós Nazaré Alceu e Yoshikuni Ashidani. Como padrinhos, os tios Marcilene e Weslley e a pequena Lara, como madrinha de consagração. A linda Júlia Ashidani, 17, primeira filha de Wallace, recebeu o irmão de braços abertos: “Estou extremamente apaixonada e realizada! Nossa diferença é de quase 18 anos e sinto que ele trouxe uma luz gigante pra todos da família. Farei tudo que eu puder por ele!”, disse a jovem, com o entusiasmo que é só dela.

Incomparável:  E o Dia das Mães, tempo de se homenagear quem merece todo amor, reconhecimento e gratidão, continua a movimentar as redes sociais, com mensagens e declarações de amor. Na foto, Fátima Gaio Lima com os filhos Pedro e Adriana: amor maior - Foto: Acervo Pessoal

Incomparável: E o Dia das Mães, tempo de se homenagear quem merece todo amor, reconhecimento e gratidão, continua a movimentar as redes sociais, com mensagens e declarações de amor. Na foto, Fátima Gaio Lima com os filhos Pedro e Adriana: amor maior – Foto: Acervo Pessoal

LUXO E LIXO
Luxo é a atitude de doar sangue, um gesto voluntário de amor e solidariedade. A Fundação Hemominas fica na Rua Prefeito Nascimento Teixeira, nº175, Bairro Segredo, próximo à sede esportiva do Athletic Club.
Lixo é o apego material, que faz com que roupas que não usamos mais permaneçam inúteis, ocupando espaço dentro dos armários. Em tempos de baixas temperaturas, como o Inverno que se aproxima, que tal separar casacos e quaisquer outras peças para doação? Alguém pode estar esperando por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *