? Pelas Esquinas: Ginego, 90 anos | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Domingo, 17 de Dezembro de 2017  •  Ano XX  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Pelas Esquinas: Ginego, 90 anos

Se você procurar por João das Cruz Magalhães em São João del-Rei é possível não encontrar quem lhe dê informações sobre o cidadão, onde mora, quem é. Mas se falar Ginego, terá informações imediatas. Comigo acontece o mesmo. Se alguém me chama de José Geraldo fico espantado: quem será este José Geraldo? Em Belo Horizonte meu nome é Jota Dangelo; em São João del-Rei é Zé Dangelo; na casa dos meus familiares é Zezé. José Geraldo é um ente misterioso como o João da Cruz Magalhães. Ginego, não. Ginego é manjado, cabra conhecido, Rei da Rua das Flores, pioneiro do carnaval são-joanense, em todas as suas fases, marceneiro de profissão e altamente qualificado, boa praça, papo firme, bom de boteco. E tem mais: saúde de ferro. Chega aos 90 anos com a mesma envergadura esbelta de sempre, elegância que exibia no comando da harmonia de sua Escola de Samba inesquecível, a Depois Eu Digo, nome não tão estranho, já que no Rio de Janeiro, no Morro do Salgueiro, nas primeiras décadas do século XX, existiam três Escolas de Samba e uma delas chamava-se justamente “Depois Eu Digo”.

Na última semana eu estava em Belo Horizonte. Cheguei por aqui na segunda-feira, dia 27, e encontrei na minha correspondência um convite amável para participar da festa de comemoração dos noventinha do Ginego. Mas era tarde demais: a festa fora no dia 24 e 25. Esta eu perdi, lamentavelmente. Mas só perdi o dia. Ele não vai escapar do meu abraço de parabéns. Em algum lugar eu vou encontrá-lo: no Penna´s, no Antônio José, no Zé da Bia, no Tia Maria…Soube que ele agora fixou residência em São João. Voltou à terra natal. Bom, muito bom. Boas vindas, companheiro!

São João, 304 anos de vila
No dia 8 de dezembro São João del-Rei estará completando 304 anos de elevação a Vila. Por esta razão, no dia 7, o Centro Cultural Feminino, no Espaço Cultural Virgílio Dangelo, estará comemorando a data festiva da nossa cidade ao som do Clube da Seresta. São João, que Pistilim consagrou num dos seus mais belos sambas, – “Linda cidade de São João del-Rei, lugar onde eu nasci, me orgulho disto aqui; terra hospitaleira, como esta não há igual, cantamos assim, em homenagem à nossa terra natal!”- vai receber nossa saudação: à meia-noite, duplo parabéns, para a cidade e para nós que tivemos a felicidade de ser são-joanenses. Venha juntar-se a nós, venha nos “trincs”, incensado, Águas do Lenheiro nº5. Vamos comemorar numa verdadeira noite de gala.

Dezembro chegou
Dezembro chegou e o carnaval está beirando. E a programação? E as verbas? E a infraestrutura? E os jurados? Perguntar não ofende…