? Prefeituras estudam Caminho de São Tiago | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Domingo, 17 de Dezembro de 2017  •  Ano XX  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Prefeituras estudam Caminho de São Tiago

Prefeitos de 11 cidades mineiras desembarcarão em Coronel Xavier Chaves na próxima terça-feira, 5, para mais uma assembleia sobre os Caminhos de São Tiago, um circuito religioso inspirado no Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha.

Ouro Preto passou a integrar o Caminho de São Tiago após reunião no princípio de novembro - Foto: Circuito Trilha dos Inconfidentes / Divulgação

Ouro Preto passou a integrar o Caminho de São Tiago após reunião no princípio de novembro – Foto: Circuito Trilha dos Inconfidentes / Divulgação

Com a entrada oficial de Ouro Preto ao roteiro no início de novembro, administrações municipais, secretarias de Cultura e associações empresariais devem se preparar, agora, para a estruturação dos 220Km de percurso entre Santa Rita de Ouro Preto e São Tiago, no Campo das Vertentes. Algo que deve acontecer, segundo o prefeito são-tiaguense e o coordenador do projeto, Denilson Reis (PSDB), já no início de 2018.

Planos
De acordo com Reis, o momento atual é de levantamento envolvendo os custos da iniciativa, que será bancada pelas próprias prefeituras por enquanto. “A ideia desse trajeto surgiu ainda em 2007 com o senhor Elias Lima, de Conselheiro Lafaiete. De lá para cá, foram então dez anos de conversas que ganharam força agora e encaminham para a efetivação do roteiro. E ele começa com estudos sobre como demarcá-lo, simbolizá-lo”, explica.

E continua: “O que podemos afirmar neste momento é que estamos trabalhando para que os custos sejam irrisórios para as prefeituras sem abrir mão da importância do projeto, que fomentará o turismo para todos os municípios envolvidos”.

Trajeto
Também segundo Reis, a princípio o roteiro se chamaria “Caminho de São Tiago”, no singular. Aos poucos, porém, a ideia foi ganhando novos formatos e, em uma segunda etapa de implantação, nos próximos anos, poderá incluir mais municípios e rotas alternativas entre a Terra do Café com Biscoito e Santa Rita de Ouro Preto. “Seria algo nos moldes do que acontece na Espanha, dando oportunidade ao romeiro de realizar a rota que achar mais viável”, comenta.

Algo semelhante comenta a auxiliar administrativo do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes, Mariana Azevedo. “Nazareno, São João del-Rei e Tiradentes, por exemplo, são cidades com grandes tradições religiosas e que têm muito a oferecer aos Caminhos de São Tiago. Com o tempo, podem compor rotas importantes desse projeto. Tudo depende do interesse das prefeituras. Por enquanto, 11 compõem a iniciativa”, diz em referência a São Tiago, Ritápolis, Resende Costa, Lagoa Dourada, Coronel Xavier Chaves e Entre Rios de Minas, no Campo das Vertentes. A esses locais se somam Casa Grande, Queluzito, Conselheiro Lafaiete, Ouro Branco e Ouro Preto.

Empreendedorismo
Além de um trajeto para devoção de fé dos romeiros, os Caminhos de São Tiago visam representar impulsos importantes para o turismo nas comunidades que fazem parte dele. “Todas as cidades têm muito o que oferecer com suas histórias, tradições e eventos culturais. Na prática, todo esse potencial foi reunido para oferecer experiências diferenciadas aos visitantes ao mesmo tempo em que o comércio e o sistema hoteleiro de cada município também têm muito a ganhar”, explica Mariana.

Exatamente por isso, segundo Reis, parcerias estão sendo firmadas com associações comerciais e circuitos como a Trilha dos Inconfidentes para que os empreendedores sejam motivados e preparados para receber os romeiros. Arquidioceses e dioceses também estão sendo convocadas para fazer parte do projeto.