? Editorial: Chegou o Carnaval | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Editorial: Chegou o Carnaval

Chegou a hora de pular Carnaval, ir para avenida, jogar confete, serpentina e se pintar com purpurina. A hora é de brilhar, literalmente! Deixar escapar o espirito carnavalesco que fica empoeirado o resto do ano, colocar a máscara e ir para folia cantando aquela música do Chico Buarque “Quem me vê sempre parado, distante garante que eu não sei sambar, tô me guardando pra quando o Carnaval chegar. Eu tô só vendo, sabendo, sentindo, escutando e não posso falar, tô me guardando pra quando o Carnaval chegar” e chegou!

As marchinhas sonorizam a cidade, as fantasias divertem as crianças, não só as de pouca idade, mas a criança interna que vive em cada um, a festa é pra todos.

“Ô abre alas que eu quero passar, eu sou da lira não posso negar” cantam os boêmios animados com os festejos. Alegria é o sentimento que define a festa momesca! Pode desanimar? Não pode não. Pode brigar? Não pode não. Pode agarrar a força? Não pode não. Mas pode tantas outras coisas! Pode cantar, se divertir, se montar. Pode beijar (com consentimento), pular, dançar.

Pode curtir com os amigos o bloco Cambalhota e pegar um bronze no La playa, pode ir pra passarela do samba ver os carnavalescos desfilarem na avenida e torcer por sua escola favorita. Pôr aquela fantasia maneira e arrasar corações.

Tudo que é bom tá liberado, o importante é ser feliz! E na quarta-feira, parafraseando Los Hermanos: “Toda rosa é rosa porque assim ela é chamada, toda bossa é nova e você não liga se é usada, todo o Carnaval tem seu fim”, mas é só por agora porque ano que vem tem mais.