? Acontece 1032 | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Sábado, 23 de Junho de 2018  •  Ano XX  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Acontece 1032

Família em festa
A chegada de um bebê é sempre um grande acontecimento. Que o digam Rodrigo Sampaio e Valdirene Silveira, que vivem um tempo de felicidade total com o nascimento de Helena, primeira filha do casal. Helena nasceu no dia 28 de maio, linda e saudável e já é o xodó dos padrinhos tia Cíntia Sampaio Pereira e tio Valdeir Heuzer, além de Luiza Souza como madrinha de consagração. Os avós maternos são Maria Terezinha e João Nativo da Silveira e paternos Maria Madalena Sampaio e Geraldino Sampaio Pereira (in memoriam). Professor e maestro, regente titular da Orquestra Ribeiro Bastos, e agora, pai, Rodrigo disse: “Conte sempre com sua família materna e paterna! Conte também com sua segunda família, a família da música, na qual você já nasce inserida, nossa gigante bicentenária Orquestra Ribeiro Bastos!”

 Os pais Rodrigo e Valdirene com a pequena Helena (no colo) ladeados pela avó Madalena (esquerda) e a madrinha Cíntia - Foto: Acervo Pessoal

Os pais Rodrigo e Valdirene com a pequena Helena (no colo) ladeados pela avó Madalena (esquerda) e a madrinha Cíntia – Foto: Acervo Pessoal

Feliz Aniversário
O que são 70 anos diante do sonho, das memórias, de tantos feitos e amigos conquistados, sem falar dos planos para o futuro? Parece que foi ontem que a vida começou…. É assim que os novos setentões encaram a “maturidade” com muito vigor e atitude. Como Cláudio Lopes, que aniversariou no último domingo, cercado pelos mais íntimos amigos e familiares que organizaram almoço festivo em sua honra. “O Cláudio faz parte da família há 50 anos, desde que começou a namorar a Regina, é meu amigo irmão, pessoa admirável, artista de muitos talentos e um dos fundadores da Turma do Buneko, que conta com a alegria do seu violão”, disse o cunhado Danilo Silva Neto, engrossando a corrente de amigos, admiradores do Cláudio violonista e pianista, do Cláudio desenhista e fotógrafo, que na última década se especializou no registro de pássaros, como um ornitólogo de olhar e sensibilidade apurados.

Cláudio Lopes, celebrado pela família com almoço de aniversário, ao lado de sua bela Regina - Foto: Acervo Pessoal

Cláudio Lopes, celebrado pela família com almoço de aniversário, ao lado de sua bela Regina – Foto: Acervo Pessoal

Tarde agradabilíssima
É muito bom tê-lo como amigo, mas sobretudo como vizinho porque ouví-lo ao piano é privilégio de poucos”, comentou Zoé Mansur. “Talento e modéstia, na mesma proporção definem o Cláudio” disse o amigo e concunhado Bertrando Lopes, presente no almoço de aniversário ao lado de Cibele. Em torno da boa mesa mineira, o irmão Carlinhos, o filho Matheus com a mulher Mônica a querida sogra Branca Silva Neto, admirável em seus 95 anos e muitos outros. Ao piano, o jovem Tom Almeida, 14, fez a tarde de aniversário ainda melhor!

Canta Del-Rei
O fim de semana prolongado pelo feriado de Corpus Christi teve um atrativo especial em SJDR: o 9º Canta Del-Rei – Festival Nacional de Corais que encheu a cidade com a beleza do canto coral e a alegria de vários grupos que vieram de cidades de Minas, Rio e São Paulo. “Admiro a dedicação e empenho dos grupos em participar. Seu entusiasmo é contagiante! O que os alimenta é o amor à música e à arte, além de valorizarem cantar em São João del-Rei, onde são muito bem recebidos pela organização do festival” disse o professor Abgar Campos Tirado, desde a primeira edição do evento participando como apresentador e palestrante. Na quarta edição do Canta Del-Rei, Abgar foi o compositor homenageado, ocasião em que compôs a música São João del-Rei, que se tornou espécie de hino do festival e é sempre cantada no grande coral de encerramento do evento. Coube também a Abgar, como de costume, a palestra de abertura, na qual enalteceu a vida e obra de Jacó do Bandolim, grande homenageado desta edição.

Abgar Campos Tirado e Paulo Miranda: momento descontraído e vibrante na escadaria das Mercês encerra o 9º Canta del-Rei - Foto: Gazeta

Abgar Campos Tirado e Paulo Miranda: momento descontraído e vibrante na escadaria das Mercês encerra o 9º Canta del-Rei – Foto: Gazeta

Grandes momentos
Com apresentações no Teatro Municipal, Conservatório Estadual de Música e Igreja de São Gonçalo em quatro dias de efervescência cultural, o festival evidenciou o vigor e beleza do canto coral “Com estilos, propostas e repertórios diferentes, cada coro trouxe a sua contribuição e fez o evento melhor” disse o idealizador e Coordenador Cultural do Canta Del-Rei, Maestro Paulo Miranda. São João del-Rei fez bonito e marcou presença com o Coro de Câmara do CEM (Conservatório Estadual de Música), sob regência de Adilson Cândido dos Santos, Coral Feminino da Unimed e Coral da Boca pra Fora, sob regência de Carlos Eduardo Assis, Coral da Asap, sob regência de Paulo Miranda, além dos coros das bi centenárias orquestras Ribeiro Bastos e Lira Sanjoanense, sob a regência de Rodrigo Sampaio e Modesto Flávio, respectivamente.

Maestro Paulo Miranda rege o grande coral no encerramento do 9º Canta Del-Rei - Foto: Gazeta

Maestro Paulo Miranda rege o grande coral no encerramento do 9º Canta Del-Rei – Foto: Gazeta

Destaques
Entre grandes momentos, destaque para o Coro de Câmara do CEM em apresentação de abertura, na quinta-feira, pelo seleto time de cantores, alunos e ex-alunos do curso de canto do Conservatório. Na escolha das peças “Sepulto Domino” do Padre José Maurício Nunes Garcia e “In Monte Oliveti” de Gian Paolo dal Dosso, além de três Negro Spirituals, com solos de Gina Biavati, Elisabete Mendonça e do próprio maestro Adilson Cândido. No sábado, o Coral Canto Livre, de Betim, levantou a plateia que aplaudiu de pé o vigoroso Aleluia, de Haendel .

Cada ano melhor
No encerramento, na escadaria da Igreja das Mercês, um momento vibrante e descontraído, quando Paulo Miranda regeu o grande coro que cantou São João del-Rei, de Abgar Tirado, Caçador de Mim e Esperando na Janela, acompanhado dos músicos Nilson Padilha, Ananda Nicolau, Heloísa Rodrigues, Marcelo Lopes e Marcos Vinícius. “A coisa mais importante é a consolidação de uma jornada cultural permanente para SJDR. O Canta Del-Rei já é esperado pela população, fazendo parte do calendário anual” avaliou o maestro Paulo Miranda, que acredita no festival desde a sua criação e se envolve diretamente em todas as etapas. Tanto que já anuncia novidades para a edição 2019, quando o Canta Del-Rei comemora 10 anos: “Serão dez dias de programação, incluindo oficinas e corais internacionais”, promete, adiantando que já está em negociação com corais de Portugal, Argentina e Estados Unidos.

Abgar e Paulo Miranda ( primeiro e segundo à esquerda) junto a demais maestros na apresentação de sábado, 2, no Teatro Municipal - Foto: Gazeta

Abgar e Paulo Miranda ( primeiro e segundo à esquerda) junto a demais maestros na apresentação de sábado, 2, no Teatro Municipal – Foto: Gazeta

Sucesso
Além do Canta Del-Rei, bem sucedido e a satisfação de ter o filho Henrique Curi, 17, na equipe organizadora, ao lado de Eduardo Sandim, Paulo comemora também o nascimento de seu segundo filho Haniel, na última terça-feira, 5. Ao lado da mamãe Fabrina Martins, só alegria!

 Emoção: A celebração de Corpus Christi, em São João del-Rei, no dia 31 de maio, foi marcada por várias solenidades que ocorreram nas paróquias da cidade. A participação dos fiéis e enfeites nas ruas e residência deram um toque especial para a data.- Foto: Éder Campos / Divulgação

Emoção: A celebração de Corpus Christi, em São João del-Rei, no dia 31 de maio, foi marcada por várias solenidades que ocorreram nas paróquias da cidade. A participação dos fiéis e enfeites nas ruas e residência deram um toque especial para a data.- Foto: Éder Campos / Divulgação

 Arraiá: Os apaixonados pelas festas juninas que se preparem! Será no próximo sábado, 16, a “Xique no Úrtimo”, este ano ainda mais caprichada, em comemoração aos 10 anos do evento. É o que promete a promoter Paula Bastone, à frente da organização. Para celebrar um década de alegria e diversão, a noite junina será animada por duas bandas (Amanda Machado e Bragadá), além de atração surpresa que será “pura pressão”! Além das comidas típicas, incluindo combos promocionais de bebidas e pescaria, a festa inova com estande de maquiagem da Perfumaria São Sebastião e no ponto alto da noite, quadrilha maluca de PC e Edna e casamento na roça com Sosô Paranhos e Loa Borracheiro. Isso tudo e muito mais! Então, anote na agenda: Xique no Úrtimo, dia 16 de Junho, no Espaço Guimarães, em César de Pina, a partir de 21horas. - Foto: Divulgação

Arraiá: Os apaixonados pelas festas juninas que se preparem! Será no próximo sábado, 16, a “Xique no Úrtimo”, este ano ainda mais caprichada, em comemoração aos 10 anos do evento. É o que promete a promoter Paula Bastone, à frente da organização. Para celebrar um década de alegria e diversão, a noite junina será animada por duas bandas (Amanda Machado e Bragadá), além de atração surpresa que será “pura pressão”! Além das comidas típicas, incluindo combos promocionais de bebidas e pescaria, a festa inova com estande de maquiagem da Perfumaria São Sebastião e no ponto alto da noite, quadrilha maluca de PC e Edna e casamento na roça com Sosô Paranhos e Loa Borracheiro. Isso tudo e muito mais! Então, anote na agenda: Xique no Úrtimo, dia 16 de Junho, no Espaço Guimarães, em César de Pina, a partir de 21horas. – Foto: Divulgação

LUXO & LIXO

Luxo é participar amanhã, domingo da 1ª Corrida Solidária em Prol da Vida, que tem largada às 8h em frente ao Uniptan. A organização do evento é uma parceria entre a Associação de Amparo aos Pacientes com Câncer (Asapac) e os alunos do 5º Período do Curso de Administração do Uniptan. A arrecadação com as inscrições será em prol da Asapac.

Lixo é ainda a falta de consciência de muitos nas pequenas ações que podem salvar o planeta. Na semana em que se comemorou o Dia do Meio Ambiente (5 de junho) vale lembrar o uso racional dos recursos como a água, o não ao desperdício e a necessidade de se reciclar o lixo.