? Bichos são tema de exposição no Museu Regional | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Bichos são tema de exposição no Museu Regional

O Museu Regional de São João del-Rei está com a exposição Sobre Bichos em cartaz desde o dia 11. Com o objetivo de homenagear o mês das crianças, as obras que integram a mostra são da artista Tatiana Clauzet, que atualmente mora no estado do Rio de Janeiro e já expôs na Europa e Austrália, além de outras participações em São Paulo e no Rio de Janeiro. Pela primeira vez em São João del-Rei, o trabalho da artista está disponível para visitação até o dia 11 de novembro, de segunda à sexta, das 9h às 17h30 e, aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h.

Os horários de visitação são de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h30. Finais de semana e feriados das 9h às 16h. O Museu Regional está localizado na Rua Marechal Deodoro, nº 12, centro de São João del-Rei . A exposição apresenta ao público 30 obras feita em acrílico e também em tinta guache, com o propósito de despertar no espectador curiosidades sobre a fauna brasileira. - Foto: Tatiana Clauzet / Divulgação

Os horários de visitação são de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h30. Finais de semana e feriados das 9h às 16h. O Museu Regional está localizado na Rua Marechal Deodoro, nº 12, centro de São João del-Rei . A exposição apresenta ao público 30 obras feita em acrílico e também em tinta guache, com o propósito de despertar no espectador curiosidades sobre a fauna brasileira. – Foto: Tatiana Clauzet / Divulgação

Tatiana fez residência artística em Egon Schiele Art Centrum, na República Tcheca e traz para essa exposição 30 obras em acrílico sobre tela e guache sobre papel. A mostra é dividida em duas séries diferentes entre si, apresentando o natural e o místico através de imagens da fauna brasileira. “A exposição nasceu de uma inspiração que é bem recorrente nas minhas obras, que são os bichos, minha orientação vem da natureza. Desde os meus primeiros trabalhos eu sempre pinto, não só o que há no meio ambiente, mas como me relaciono com a natureza”, comenta.

Séries
A primeira série composta por 25 pinturas de animais é intitulada “Fauna”. Nessas obras os personagens são ilustrados em formas geométricas, de maneira simples e sintética, realçando cores, proporções e detalhes naturais que evidenciam a beleza dos bichos, retratados como tesouros artísticos vivos. “A minha proposta foi de mostrar para o público esse olhar estético, que vai estar representado por esses 25 animais pintados de forma geométrica. É a minha maneira de expressar o que vejo nos bichos. A forma, a desproporcionalidade como é visto no tamanduá com aquele nariz enorme mais um rabo muito grande, aquilo parece muito estranho, mas se olhar com cuidado é visto uma composição refinada de design e aí se pode aprofundar. A proposta da exposição é fazer com que as pessoas que gostarem possam olhar com mais atenção para os animais”, ressalta a artista.

Na segunda série, composta por cinco pinturas sobre tela, as obras são uma narração alegórica visual. É intitulada “Fábula” e revela a mística da fauna brasileira. “Mostro os animais nessa parte de maneira mais simbólica, que é muito do meu trabalho, de ter o bicho como uma representação de uma força. Retrato também experiências que tive com os bichos”, afirma a artista.