? Cidades da região cancelam eventos de final de ano | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Quinta-feira, 27 de Junho de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Cidades da região cancelam eventos de final de ano

As tradicionais festividades de final de ano, em algumas cidades da região do Campo das Vertentes, estão sendo mais discretas que o habitual ou, infelizmente, passarão em branco em 2018. O motivo, segundo o presidente da Associação dos Municípios da Mircrorregião do Campo das Vertentes (AMVER), Aurélio Suenes (PSD), é devido à falta de repasse de verbas do Governo Estadual às prefeituras da região para arcar com despesas municipais e pagamentos de funcionários.

Santa Cruz de Minas é uma das cidades que não terá as tradicionais festividades de fim de ano - Foto: Daniel Pelluzzi / Prefeitura de SCM / Divulgação

Santa Cruz de Minas é uma das cidades que não terá as tradicionais festividades de fim de ano – Foto: Daniel Pelluzzi / Prefeitura de SCM / Divulgação

“Nós fizemos uma reunião com os prefeitos das cidades e ficou decidido que somente os municípios que tiverem melhores condições irão fazer as festividades de final de ano. Portanto, a maiorias das cidades que pertencem a AMVER, preferiram não realizar nada para dar preferência aos pagamentos de funcionários e arcar com as despesas municipais”, explica Suenes. O presidente informa também que os municípios mineiros vêm passando por essa crise financeira ao longo de todo 2018 e lamenta a suspensão dos tradicionais eventos. “Lamentavelmente é preciso tomar medidas impopulares para superarmos esse momento de dificuldade”.

Alguns municípios farão uma comemoração mais discreta com o apoio dos comerciários, empresários ou que estejam com mais verbas disponíveis nas Prefeituras, como é o caso de: Ritápolis, Nazareno, Tiradentes e Resende Costa. Outras cidades paralisaram todos os eventos, como é o caso de Santa Cruz de Minas (que comemoraria também 23 anos no último dia 21), Prados e São Tiago.