? Acontece 1060 | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI,  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Acontece 1060

Reconhecimento
Começando 2019 da melhor forma possível, Zélia Mendonça foi homenageada pelo Instituto Educacional Social de Portão, Bahia, e pela Université Libre des Sciences de L’Homme de Paris; com a diplomação de Dr. Honoris-Causa na saúde, arte e cultura. O título vem como reconhecimento de seus trabalhos artísticos, voltados para áreas sociais.

O título, segundo pesquisa da artista, em São João del-Rei, só foi concedido a ela e ao Dom Lucas Moreira Neves. “Coincidência a minha exposição Per Fidem estar no memorial dedicado a Dom Lucas”, enfatiza Zélia ao lembrar da sua exposição que começou no dia 18 de dezembro.

O Honoris-Causa, é utilizado quando uma instituição de ensino deseja conceder um título de honra para uma personalidade de destaque ou de grande importância por seu trabalho. “É a maior honraria que existe dentro de uma universidade. Eu recebi pelos meus feitos durante toda minha vida, os trabalhos de doação, de ensinar crianças carentes, as atividades que realizo dentro da Apadeq. É um reconhecimento muito importante para mim”, finaliza a artista.

Amigos e amantes da arte marcaram presença na abertura da exposição Per Fidem de Zélia Mendonça - Foto: Facebook Zélia Mendonça / Divulgação

Amigos e amantes da arte marcaram presença na abertura da exposição Per Fidem de Zélia Mendonça – Foto: Facebook Zélia Mendonça / Divulgação

Expedição
O Instituto Spix & Martius, em parceria com a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e a Universidade de Koblenz Landau, irá realizar a quarta Expedição Musical de 16 de janeiro a 10 de fevereiro para a Alemanha.
Um grupo de oito músicos, de estudantes e professores de São João, terão a oportunidade de pisar em solo alemão para aprimorar seus conhecimentos musicais. Mas para fazer essa viagem os músicos precisam arrecadar R$16 mil para complementar o dinheiro necessário para participar da expedição.

O grupo
Os expedicionários são-joanenses integram instituições como o Conservatório Estadual Pe. José Maria Xavier, a Orquestra Ribeiro Bastos, a Universidade Federal de São João del-Rei. O grupo é composto por pianista, violonista, contrabaixista, violoncelista, violinista e cantor. Essa diversidade possibilitará a apresentação de repertório em formações como solos, duos, trios e grupos de câmara. Os músicos também irão interagir com a universidade anfitriã por meio de oficinas de música brasileira e mineira.

Homenageado
No Ano de 2019, a Expedição Musical irá homenagear o patrono do Conservatório de São João del-Rei, o compositor e padre José Maria Xavier, pelos seus 200 anos de nascimento. O homenageado teve duas obras publicadas por uma editora de Munique, Alemanha, no final do século XIX, a Missa n.5 e as Matinas de Natal. A Expedição, em 2019, dará visibilidade à sua obra musical em território alemão.

O evento oferece também palestras, oficinas e recitais de música brasileira, celebrando os 200 anos da passagem da Expedição de Spix e Martius pelo Brasil. Em seguida, a Expedição Musical acontece, em São João del-Rei, de 3 a 18 de agosto deste ano, com oficinas, recitais e concertos com músicos locais e estrangeiros.

Como apoiar
Para ajudar os músicas nessa viagem, as pessoas podem acessar o site http://institutospixmartius.com.br/ ou entrar no site de financiamento coletivo por meio do link https://bit.ly/2Q5XKdj

Músicos são-joanenses e alemães também se encontram em São João - Foto: Marcus Luan / Divulgação

Músicos são-joanenses e alemães também se encontram em São João – Foto: Marcus Luan / Divulgação

Formatura
A emoção de ver um filho formando sempre é um sentimento inexplicável e aliar esse momento com a troca de afeto do filho e o reconhecimento de toda a sua história é ainda mais prazeroso. Assim foi a formatura de Luiz Felipe Drummond Teixeira que se graduou no princípio de dezembro em Direito pela renomada Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O momento histórico contou com a presença dos pais do formando os médicos são-joanenses Luiz Carlos Ângelo Teixeira e Clarissa Hees Drummond que tiveram agradecimento especial no convite de formatura. Luiz Felipe também não se esqueceu dos parentes, amigos e escola onde teve sua formação inicial. E como era de se esperar de uma pessoa que sabe valorizar suas raízes um grande grupo de São João del-Rei e Vitória (ES) foi homenageá-lo nessa nova etapa do formando.

Mesmo filho de médicos, a paixão pelo Direito veio por causa do avô Luis Carlos Teixeira que aos 90 anos participou das solenidades e deu ao neto o anel de formatura. “Meu pai foi um dos primeiros formandos de Direito da UFMG, quando ele entregou o anel para o meu filho foi um dos momentos mais lindo que já vi. Também lembramos da minha sobrinha formada em Direito e que faleceu ano passado com 26 anos por causa de uma leucemia”, relembrou emocionado o pai Luiz Carlos.

E o novo advogado já começa sua carreira atuando em um escritório de advocacia em Belo Horizonte. Parabéns Luiz Felipe pela conquista.

O sorriso cativante do formando Luiz Felipe: reconhecimento de sua história - Fotos: Acervo Pessoal

O sorriso cativante do formando Luiz Felipe: reconhecimento de sua história – Fotos: Acervo Pessoal

LUXO X LIXO

Luxo É começar o ano com atitudes pequenas para melhorar a sua cidade como o de não jogar objetos na rua que poderão entupir bocas de lobo ou ainda dedicar um pouco do seu tempo a projetos sociais.

Lixo É não observar a lei da boa vizinhança e desrespeitar o espaço do outro.