? Combate à Dengue é intensificado em SJDR | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Sábado, 23 de Março de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Combate à Dengue é intensificado em SJDR

As chuvas intensas aliadas às altas temperaturas são ambientes propícios para a proliferação do Aedes Aegypti. Por esse motivo, os trabalhos de combate ao mosquito, transmissor dos vírus da Dengue, Zika e Chikungunya, não param em São João del-Rei. O setor de endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, reforça durante todo o mês de janeiro as ações de conscientização e também de prevenção.

Ações do último LIRa - Foto: Setor de Endemias / Divulgação

Ações do último LIRa – Foto: Setor de Endemias / Divulgação

A cidade registrou médio risco de acordo com o último Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) com 2,3% de incidência. Dessa forma, os trabalhos serão intensificados durante este início de ano, época de maior proliferação do mosquito, conforme explica o coordenador de endemias José Ubirajara Jardim Júnior. “Apesar desse índice ter sido de médio risco, ele é preocupante para nós já que 100% dos focos foram encontrados dentro de lugares habitados. Então estamos intensificando as ações; além das visitas domiciliares, os agentes estão conversando com as pessoas, a fim de conscientizá-las”, afirma o coordenador sem descartar o uso do carro fumacê se necessário.

Novos riscos
Durante a última semana do ano, coordenadores de endemias participaram de capacitações em Belo Horizonte para o enfrentamento da Dengue e também de outras doenças transmitidas por mosquitos. O coordenador explica sobre alguns riscos. “Todo o Estado de Minas Gerais está em alerta, devido a introdução do sorotipo 2 e isso inclui São João del-Rei. A cidade apresenta, desde 2008, a prevalência do sorotipo 1, mas por ter 10 anos estamos em alerta pois pode ter acabado o tempo de prevalência deste sorotipo e ele ter passado para o tipo 2, onde a pessoa corre o risco de pegar dengue novamente, por ter acabado o tempo da imunidade”, o coordenador informa também que, a partir deste mês, serão averiguados nos exames de sangue qual é o sorotipo do vírus da Dengue.