? Diocese de São João del-rei recebe novo bispo | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Diocese de São João del-rei recebe novo bispo

Na terra onde os sinos falam, eles despertam a cidade nesta manhã com toques de alegria chamando toda população para dar as boas-vindas ao novo bispo diocesano. Dom José Eudes Campos do Nascimento assume oficialmente hoje, 2 de fevereiro, a Diocese de São João del-Rei, a cerimônia de posse acontece a partir das 16h na Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar.

antes de vir para São João, Dom José Eudes atuava em Leopoldina - Foto: Diocese de leopoldina / divulgação

Antes de vir para São João, Dom José Eudes atuava em Leopoldina – Foto: Diocese de Leopoldina / Divulgação

Natural de Barbacena, dom José Eudes nasceu em 30 de abril de 1966, começou sua vida sacerdotal em 1994 quando foi ordenado diácono na cidade de Mariana e, posteriormente, exerceu a função na cidade de Congonhas onde também foi ordenado sacerdote. No ano de 1995, foi pároco em Catas Altas da Noruega, também foi pároco em Rio Pomba e Ouro Preto. Em 2012, foi nomeado pelo então papa Bento XVI, como bispo da Arquidiocese de Leopoldina, onde exerceu a função até o mês de dezembro do ano passado, quando o papa Francisco o nomeou novo bispo da Diocese de São João del-Rei. Em entrevista ao jornal Gazeta Dom José Eudes falou sobre suas expectativas e como irá atuar para preservar as tradições locais.

Dom José quais são suas expectativas e objetivos que pretende atingir a frente da Diocese de São João del-Rei?
Tenho as melhores expectativas possíveis, estou indo para a Diocese com o coração e braços abertos. Meu objetivo principal é ser o pastor que caminha junto com o povo e que sempre quer o bem do outro. Pretendo ser próximo das pessoas, para poder servir de apoio à vida delas.

Seu lema episcopal é “Servus in charitate”, que significa “Servos no Amor”, como o senhor pretende por em prática e trabalhar este lema com os párocos da Diocese?
Os párocos são colaboradores do bispo, nós somos chamados a servir, não a nós mesmos, mas somos a esperança daqueles que mais necessitam e, principalmente, servir a vontade de Deus. E claro que não estou sozinho nesta caminhada, por isso meu lema episcopal vai ser levado aos meus colaboradores que caminham a vida da Diocese.

O senhor e Dom Célio de Oliveira Goulart eram muito próximos e, para você, o que significa assumir o seu lugar aqui na Diocese de São João del-Rei?
Dom Célio realmente é uma pessoa marcante na minha vida e eu coloco que ele é insubstituível. Assumir a Diocese significa para mim dar continuidade aos trabalhos que ele realizou, não só em São João del-Rei, mas também em outras locais que ele passou, como por exemplo, a Diocese de Leopoldina de onde estou saindo. Dom Célio foi um amigo, conselheiro suas palavras sempre ecoaram dentro do meu coração e peço a ele, que lá do céu, possa rezar para que meu pastoreio seja realmente de serviço e de amor.

São João del-Rei, possui uma religiosidade católica muito marcante e que vem ganhando cada vez mais o apreço dos jovens. Como o senhor pretende trabalhar o catolicismo entre os mais jovens?
Eu pretendo é reforçar que os jovens e as crianças busquem uma sincera participação na Igreja, que aprendam o verdadeiro significado pelas coisas santas, que nestes tempos andam tão esquecidas. Eu acredito que a juventude promove um impacto muito grande na vida das comunidades e também de nossas Igrejas, é bonito ver essa participação, principalmente agora em que estamos nos preparamos para a Jornada Mundial da Juventude. Fui assessor da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Mariana e meu grande objetivo é contribuir com as experiências que já tenho aos trabalhos da juventude da cidade.

Para finalizar, qual a mensagem de saudação que o senhor encaminha aos fiéis de toda diocese?
Eu peço a todos que rezem por mim, para que eu possa ser um pastor que serve no amor. Quero muito a presença e a ajuda dos padres, religiosos e de todas as nossas comunidades, quero muito poder trabalhar nessa caminhada pastoral ao lado de vocês. E eu abençôo a vida de todos vocês e de nossa diocese.

CELEBRAÇÃO DE POSSE
A posse de Dom José Eudes Campos do Nascimento acontece a partir das 16h. No interior da Matriz de Nossa Senhora do Pilar, onde Dom José participa dos ritos oficiais de posse, conforme explica o então administrador diocesano, Padre Dirceu Medeiros. “Para nós é um momento de muita alegria e esperança, onde após um período de vacância, poder acolher o nosso novo bispo. Dentro da Catedral acontece o rito de posse, onde serão lidas as chamadas ‘Letras Apostólicas’, um documento que vem do Vaticano conferindo a ele o poder como titular da Diocese de São João del-Rei. Este é o momento jurídico da cerimônia de posse”. Padre Dirceu ainda explica que após este momento, o novo bispo é saudado por representantes do Clero e também da sociedade civil.
O segundo momento da celebração será quando Dom José Eudes preside sua primeira missa, conforme explica Padre Dirceu. “Ao final uma pequena procissão segue até o Largo da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, onde acontece uma celebração eucarística para toda população. Nós estamos pedindo que cada paróquia se organize e encaminhe pelo menos um ônibus com seus fiéis. Hoje não ocorrem missas nas paróquias da cidade, por conta da posse”, finaliza. Nas próximas semanas, está sendo preparada uma programação de visita do novo bispo às paróquias da Diocese.