? Decreto com aumento da tarifa cobrada para uso do rotativo área azul é cancelado | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Segunda-feira, 18 de Março de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Decreto com aumento da tarifa cobrada para uso do rotativo área azul é cancelado

Após um mês o prefeito municipal Nivaldo José de Andrade (PSL) ter feito um reajuste no valor na área azul de São João del-Rei, na última semana o Decreto 7.903 foi cancelado. O valor havia passado de R$ 2 reais para R$2,20 no mesmo mês em que a Prefeitura negociava uma dívida de R$500 mil devido pela Central Park, empresa responsável pelo rotativo, o que causou o descontentamento da população e também de vereadores que chegaram a pedir na Justiça o cancelamento do Decreto.

Rotativo está ativo em SJDR desde o ano de 2017 - Foto Gazeta

Rotativo está ativo em SJDR desde o ano de 2017 – Foto Gazeta

Segundo Andrade, a anulação do Decreto ocorreu devido a um acordo fechado com a empresa responsável. “O aumento chegou a acontecer, mas conversamos com os responsáveis e renegociamos a dívida. Eles já pagaram R$ 200 mil e a partir de agora vão pagar duas prestações por mês: a mensalidade do mês atual e de um mês que está em atraso. Por isso decidi cancelar este aumento na cobrança do rotativo”, explica.

A assinatura do novo contrato com o valor antigo estava prevista para acontecer ontem, 1º de março, os pagamentos referentes ao mês de fevereiro e também de uma parcela em atraso estavam previstos para serem efetuados no dia 28 de fevereiro. Segundo Andrade, os reajustes dos valores estavam previstos em contrato referente ao aumento anual do Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM), entretanto ele foi adiado para 2020.

Atrasos
O prefeito municipal, Nivaldo José de Andrade (PSL) esclarece que, caso a empresa Central Park volte a atrasar os pagamentos das mensalidades referentes à Prefeitura, o contrato do rotativo área azul pode ser cancelado definitivamente. “Dois meses que eles não cumprirem com o acordo, eu entro com o pedido de cancelamento do contrato”, enfatiza.