? Passagens de ônibus sofrem reajuste e vão custar R$3,50 em São João del-Rei | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Segunda-feira, 18 de Março de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Passagens de ônibus sofrem reajuste e vão custar R$3,50 em São João del-Rei

Utilizar o transporte público em São João del-Rei vai ficar um pouco mais caro. De acordo com um Decreto Municipal assinado no dia 22 de fevereiro, as passagens de ônibus sofreram um reajuste e vão custar R$ 3,50. A data em que o novo aumento passa a vigorar está prevista para hoje, 16.

O aumento passa a vigorar a partir de hoje - Foto: J. Alexandre Machado / Divulgação

O aumento passa a vigorar a partir de hoje – Foto: J. Alexandre Machado / Divulgação

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Transporte, Aracélio José dos Santos, os reajustes do valor das passagens são assegurados por lei. “Os valores são baseados em aumentos do diesel, manutenções dos carros, salários dos funcionários entre outros. Em junho do ano passado, a empresa havia nos enviado um requerimento pedindo um aumento que não foi concedido. Agora no começo do ano, um novo requerimento foi enviado ao Conselho pedindo um aumento para R$ 4,24, nós comunicamos o Executivo que enviaram a proposta do valor de R$ 3,50, baseado no Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM) e a variação do diesel. Os membros do Conselho ouviram as duas propostas e decidimos pela proposta do Governo Municipal”, esclarece.

Os conselheiros em votação foram favoráveis ao reajuste. Entretanto tanto Aracélio quando o prefeito Municipal, Nivaldo José de Andrade (PSL), informaram que uma nova reunião estava marcada para que o Conselho, juntamente com os representantes pela empresa de transporte público da cidade, estipulasse a data em que o novo valor será cobrado. De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de São João del-Rei, o valor de R$3,50 começa a ser cobrado a partir de hoje, 16 de março.

Até o fechamento desta edição, em 14 de março, a reportagem tentou contato com os representantes da empresa de ônibus para falarem sobre o reajuste das passagens de ônibus, entretanto, ninguém quis falar sobre o caso.