? Padroeiro dos trabalhadores é festejado em São João del-Rei no dia 1º de maio | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

Padroeiro dos trabalhadores é festejado em São João del-Rei no dia 1º de maio

No próximo dia 1º de maio, a Igreja Católica celebra São José Operário, padroeiro dos trabalhadores. Em São João del-Rei, os fiéis acompanham a novena em honra ao Santo desde o dia 22 de abril na Paróquia que leva seu nome, no bairro do Tijuco. Além de fazer pedidos, as pessoas aproveitam a oportunidade para agradecer pelas bênçãos concedidas no campo profissional.

Procissão acontece na paróquia de São José Operário no bairro Tijuco - Foto: Paróquia de São José Operário / Divulgação

Procissão acontece na paróquia de São José Operário no bairro Tijuco – Foto: Paróquia de São José Operário / Divulgação

O tema proposto para reflexão desse ano é “Este é o dia que o Senhor preparou para nós! Alegremo-nos e nele exultemos”. Segundo o pároco, Vinícius Campos, essa temática se deve ao fato de em 2019 as festividades coincidirem com o período da oitava da Páscoa, a primeira semana após o Domingo da Ressurreição. “Esse ano por estarmos vivendo a oitava da Páscoa, grande solenidade da ressurreição de Cristo, a cada dia meditamos sobre uma parte desse acontecimento, sobre a experiência dos primeiros cristãos e nos motivando a aplicar isso na nossa vida”, explica.

O pároco ainda comenta a expectativa de fiéis nas celebrações. “Desde o primeiro dia, na segunda-feira, 22, temos tido a igreja cheia, as pessoas estão lotando os bancos e muitos ficando em pé. No dia primeiro de maio geralmente as missas são todas cheias e comparece um grande número de pessoas na procissão”.

Programação
De hoje, 27, até a próxima terça-feira, 30, acontecem às 6h recitação do terço e bênção do Santíssimo Sacramento; às 7h Santa Missa e após, orações da novena; às 18h15 recitação do terço e bênção do Santíssimo Sacramento, às 19h Santa Missa e após, orações da novena. Hoje ainda se realiza às 15h missa pelos enfermos e idosos, cujos responsáveis são os ministros extraordinários da distribuição da comunhão eucarística, pastoral da saúde e legião de Maria. Na terça-feira, 30, serão realizadas homenagens aos trabalhadores no Centro de Pastoral Monsenhor Juvenal, após o encerramento da novena.

Dia maior
Na quarta-feira, 1, dia dedicado ao padroeiro São José Operário, as celebrações acontecem às 6h com alvorada festiva; 8h Santa Missa; 10h missa com as crianças. Já às 16h, Santa Missa solene e em seguida procissão passando pelo trajeto: Praça Pe. José Antônio A. Teixeira; Ruas São José, Luís Campos Nogueira, Santo Antônio, Afonsina Alvarenga; Avenida General Osório; Joaquim Timóteo, São João e Travessa Henrique da Conceição retornando para a Matriz.