? DROGAS E CIGARROS ILEGAIS SÃO APREENDIDOS PELA PM | Gazeta de São João del-Rei - O Jornal do Campo das Vertentes
SÃO JOÃO DEL-REI, Quinta-feira, 27 de Junho de 2019  •  Ano XXI  •  O Jornal do Campo das Vertentes

DROGAS E CIGARROS ILEGAIS SÃO APREENDIDOS PELA PM

O combate ao tráfico de drogas tem sido intensificado pelo 38º Batalhão de Polícia Militar de São João del-Rei, o nosso “Guardião das Vertentes”. Nas últimas semanas foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão de substâncias ilícitas e também de suspeitos com envolvimento ao tráfico. As denúncias também contribuíram para as operações.
Na última segunda-feira, 20, em uma casa no bairro Lombão, militares localizaram nove tabletes de substância semelhante à maconha, uma pistola com 15 munições, duas balanças de precisão e sete embalagens plásticas contendo o total de 69 papelotes de cocaína. Na oportunidade os proprietários do imóvel alvo das denúncias não se encontravam no local e ainda não foram localizados.

Cigarro estava sendo comercializado no centro de São João del-Rei Foto: Ass. 38º BPM / Divulgação

Cigarro estava sendo comercializado no centro de São João del-Rei
Foto: Ass. 38º BPM / Divulgação

Nos 14 e 15 de maio a Polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na cidade de São João del-Rei e também no distrito do Rio das Mortes. O primeiro caso ocorreu nos bairros Araçá e São Geraldo, onde investigavam um cidadão que estaria comercializando drogas. Foram encontradas quatro embalagens de crack e a quantia de R$ 430,00 e o suspeito foi preso em flagrante.

Na residência de um casal residente no Rio das Mortes e suspeito de tráfico, os milicianos encontraram um cigarro artesanal de maconha, oito invólucros de cocaína prontos para serem comercializados e a quantia de R$ 624,00. Os autores foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, para os trâmites legais.

CONTRABANDO
Na manhã de quinta-feira, dia 16, a PM recebeu denúncias de comercialização de cigarros contrabandeados no centro de São João del-Rei. No local foram encontrados e apreendidos 94.340 maços de cigarro e a quantia de R$ 4.350.00. Questionado pelos policiais, o suspeito confirmou que comercializava cigarros contrabandeados do Paraguai e repassou informações sobre a forma de transporte da mercadoria ilegal. O autor foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia, juntamente com o material apreendido.